Entre os dias 17 e 23 de outubro, o Rio volta a receber o Rio Wine & Food Festival, um dos maiores eventos de vinho e gastronomia do mundo. Pioneiro no Brasil e já integrado ao calendário oficial de eventos da cidade, o projeto tem como objetivo atrair o grande público em torno do vinho e da gastronomia, desmistificando e democratizando a bebida. A agenda inclui diversos eventos, começando pela abertura no mais conhecido hotel do país, o Copacabana Palace, e terminando numa das ações sociais do evento: um leilão beneficente.

Com eventos que envolvem toda a cidade, o RWFF terá ações voltadas ao trade e ao consumidor final, com participações que vão de restaurantes e hotéis de luxo até comunidades pacificadas – com treinamento e degustação de vinhos, denominado Well Comunidade Drink – e mercados populares, como o Cadeg. O festival também aproveitará a oportunidade para debater o setor. Para isso, será realizado o seminário Vinho & Mercado na Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O festival terá diversas ações que acontecerão simultaneamente, como as feiras de vinhos com estandes, degustações e venda promocional- no caso da Wine Out; ações promocionais de vinhos em lojas, supermercados, bares e restaurantes; jantares temáticos com degustações e palestras; concurso de designers de rótulos e garrafas; educação e treinamentos para iniciantes, garçons e sommeliers; presença nas praias e points da orla; e o Wine Bus, uma degustação itinerante para cariocas e turistas em ônibus panorâmico que passeia com os enófilos pelos principais pontos turísticos da cidade.

Além dos inúmeros eventos, a semana também contempla o Movimento Rio Rolha Zero, ação em que em diversos restaurantes abrem mão da cobrança da taxa de rolha para incentivar a experimentação e consumo durante a semana do festival. Alguns dos melhores restaurantes da cidade participação, como Mr. Lam, Alloro, Cipriani, Bottega del Vino, Unico e Gero.

 

Veja como foi o evento em 2015: